Pão sem glúten

Estes pães são absolutamente perfeitos. O miolo é fofinho e húmido e a crosta é levemente crocante. São vegan, sem glúten e muito fáceis de fazer.

2017-03-21 11.16.11-2

Esta fantástica receita não é minha, é do GlutenFree com paixão, e aqui vai:

Ingredientes

  • 300g de flocos de aveia sem glúten
  • 200g de farinha de arroz integral
  • 100g de fécula de batata
  • 2 colheres de chá de sal marinho fino
  • 630ml de água morna
  • 20g de psyllium husk em flocos ou pó
  • 20g de sementes de linhaça moídas
  • 1 colher de chá de açúcar de coco (ou mascavado)
  • 1 saqueta (11g) de fermento de  padeiro seco sem glúten ou 1 cubo (25g) de fermento fresco

Instruções

  1. Coloque os flocos de aveia num processador e triture-os até obter uma farinha bem fina. Reserve.
  2. Num medidor de vidro, coloque a água, o psyllium, a linhaça e o açúcar e mexa bem.
  3. Junte o fermento e deixe ativar durante 5 minutos (se for o fresco, deixe 10 minutos).
  4. No final do tempo, mexa até estar tudo bem dissolvido.
  5. Num processador ou batedeira (com pá de massas), coloque a mistura anterior e, de seguida, as farinhas e o sal. Bata até estar tudo bem misturado.
  6. Deite a massa na bancada previamente polvilhada com farinha e molde os pãezinhos.
  7. Polvilhe-os com farinha e dê-lhes um ou dois cortes com uma faca bem afiada.
  8. Deixe-os levedar, cobertos com película aderente, até duplicarem de tamanho.
  9. Entretanto pré-aqueça o forno a 200ºC.
  10. Coloque os pãezinhos no forno durante 40 minutos (vá vigiando pois depende da potência do forno).

2017-03-21 11.14.01

Bem, o que é eu que posso acrescentar?

  • Já fiz esta receita na bimby e à mão e funciona bem de ambas as formas.
  • Para moldar os pães, vão polvilhando as mãos com fécula de batata, pois facilita imenso. Podem também colocar a fécula num pratinho e passar os pães na fécula antes de os colocar no tabuleiro.
  • Já utilizei fermento químico (Fermipan) e fermento fresco (Levanova), e ambos funcionam bem.
  • Comprei o Psyllium no Ervanário Portuense (tem lojas físicas e loja online).
  • Em dias de sol deixo os pães a levedar no peitoril da janela por uma hora. Se não houver sol, coloco-os a levedar no forno: coloco o forno 20 minutos no mínimo (enquanto preparo a massa), desligo o forno e coloco os pães. 30 minutos depois ligo o forno, primeiro a 150ºC, depois é que passo para os 200ºC.
  • Não costumo deixar os pães 40 minutos no forno, 30 é suficiente.
  • Salpicar os pães com água antes de os colocar a cozer ajudar a crosta a ficar mais estaladiça.
  • Depois de prontos e arrefecidos, guardo-os embrulhados num pano grosso de algodão e dentro do armário, para se manterem frescos durante mais tempo.
  • Agora a dica mais importante: coloco sempre um pequeno recipiente (de vidro ou porcelana) com água no forno, enquanto o pão coze. O vapor que se gerar vai ajudar o pão a ficar mais húmido. E fica mesmo! E fofo, ora vejam:

Quem é servido?

2017-03-21 11.26.34

Experimentem a recita, vão ver que vão gostar!

5 thoughts on “Pão sem glúten

    1. Olá!
      Não. A levedura de cerveja é um subproduto da produção da cerveja. A levedura nutricional é produzida para consumo. Nutricionalmente a nutricional é mais rica, sendo muitas vezes fortificada em vitamina b12.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *